Portal da Cidade Louveira

SEGURANÇA

Canil da GMJ avança na capacitação permanente de seus integrantes

Integrantes estiveram no Parque Ecológico de Indaiatuba para participação em prova

Postado em 14/05/2019 às 13:30 |

Criado há 15 anos, o setor especializado da GMJ é referência pelos resultados exitosos já alcançados (Foto: Fotógrafos PMJ)

Para melhorar o potencial dos agentes de segurança pública municipal para que tenham um melhor rendimento com os cães em ocorrências diárias, a GM Martins, responsável pelo adestramento, e os GMs Francisco, Edwin e Fábio, integrantes da equipe de Busca e Resgate do Canil de Jundiaí, estiveram no último sábado (11), no Parque Ecológico de Indaiatuba (SP), participando de mais uma etapa da prova de Mantrailing Nível 1 – Busca em Mata, organizado pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), reconhecida pela Federação Cinológica Internacional (FCI). A k9 Live, da raça Bloodhound, teve 100% de aproveitamento na prova de certificação aplicada pela instrutora Ana Beatriz Albernaz, do Grupamento de Busca e Resgate (GBR).

“A proposta é fundamental para que os nossos guardas possam ter a qualificação atualizada ao trabalhar com os cães. Essa capacitação abrange desde o comportamento até a apreensão de entorpecentes, uma vez que os cães são utilizados em vários tipos de ações. Caso seja necessária a intervenção em algum delito ou situação diferente, eles podem ser usados tanto na parte de repressão quanto na parte social; o cão de trabalho é multifuncional e durante sua atuação junto ao seu condutor, alcança resultados que muitas vezes superam as expectativas”, ressaltou o inspetor Alceu Marestoni, chefe do Canil.

O objetivo é capacitar os agentes em diversas temáticas, para fortalecer a atuação na segurança pública de forma sistêmica, como defende Marestoni. “Já temos o K9 Sadan que alcançou a certificação em Nível 1, o K9 Ozzy que garantiu, em 2018, o seu aproveitamento em 100% – pontuação que comprova o diferencial de ser o único pastor belga Malinois a alcançar o grau máximo na modalidade e passou a ser referência da raça na América do Sul”, finaliza.

A capacidade olfativa dos cães de trabalho
O Mantrailing é uma atividade que depende do sentido do olfato de um cão para encontrar uma pessoa escondida e/ou desaparecida. Baseia-se num cheiro de referência que é dado ao cão, geralmente por uma peça de roupa impregnada este odor e o cão deve seguir até encontrá-la.

“Participaremos de nove módulos para alcançar a certificação oficial do condutor Nível 1; já os cães são certificados de acordo com sua evolução nos treinos e caso real. Os módulos acontecem  um final de semana por mês e são para a formação e treinamento dos cães e condutores. A cada treinamento o grau de dificuldade aumenta e são apresentadas diversas situações, cada vez mais próximas da realidade. Por isso a importância de estarem em constante treinamento, como assim acontece no Canil da Guarda Municipal de Jundiaí”, declarou a GM Martins.


Fonte:

Deixe seu comentário